Descubra quais os tipos de rugas tratadas com a Toxina Botulínica

Com o passar do tempo as incômodas marcas de expressão facial tornam-se mais evidentes e numerosas e alguns tipos de rugas podem ser notados como linhas de expressão, rugas elásticas permanentes, rugas gravitacionais ou linhas finas.

Mas você sabe exatamente o que é cada uma delas? Onde aparecem? E como podem ser tratadas e solucionadas?

Rugas de expressão

São causadas pela constante movimentação dos músculos faciais, como os pés de galinhas, rugas entre os olhos (Glabela), rugas na testa, sobrancelhas e ao redor da boca.

Este tipo de ruga é causado principalmente pelas expressões que acompanham a fala ou pelos movimentos feitos na hora de se maquiar. Para as combater, o procedimento mais indicado é a toxina botulínica, que irá paralisar a musculatura e impedir a formação deste tipo de ruga.

Rugas elásticas permanentes

Geralmente, aparecem nas bochechas, lábio superior da boca e base do pescoço, o afinamento da pele e perda intensa do colágeno ocasionam marcações na pele facial que podem ser tratadas principalmente com preenchimento facial, em alguns casos a toxina botulínica pode auxiliar no seu tratamento.

Rugas gravitacionais

Como o próprio nome propõe são causadas primordialmente pelo impacto da gravidade na pele, fazendo com que ela perca elasticidade e fique com aspecto mais solto, caído. Normalmente formadas nas laterais do rosto, onde a pele é mais fina, formando dobras e linhas pouco atraentes.

Também são rugas que podem ser tratadas com a aplicação da toxina botulínica.

Rugas finas

Comum em pessoas de pele muito clara e intimamente ligada à perda de colágeno.

Costumam aparecer precocemente, entre os 20 e 35 anos de idade e se devem à exposição diária aos raios solares, perda de colágeno e outras propriedades da pele, são tratadas com preenchimento facial, fios de sustentação e outros procedimentos realizados em nossa clínica de Toxina Botulínica em Curitiba.

Deixe uma resposta